quarta-feira, 29 de abril de 2009

Prefeitura de Paracatu retira faixas da mineradora transnacional

Paracatu, 28 de abril de 2009

Quem é "somos"?

Prefeitura de Paracatu retira faixas da mineradora transnacional

A Prefeitura Municipal de Paracatu, cidade de 90 mil habitantes do noroeste de Minas Gerais, iniciou hoje a retirada das faixas de auto-elogio da RPM/Kinross, mineradora transnacional canadense que opera uma mina de ouro a céu aberto na cidade. As faixas foram colocadas sem a autorização da prefeitura, e geraram indignação geral da população.

Os letreiros diziam "Somos a favor da RPM/Kinross", mas não explicava quem era "somos". Como o único nome que estava na faixa era "RPM/Kinross", todos atribuíram a autoria à própria empresa. As faixas haviam sido colocadas na calada da noite, inclusive em locais proibidos, como ao lado da Câmara Municipal de Paracatu.

O fato ocorreu em meio à campanha publicitária agressiva deflagrada pela mineradora, depois que seu projeto de expansão foi paralisado por duas ações judiciais e a televisão local apresentou o documentário "Ouro de Sangue", que denuncia os danos sócio-ambientais causados pela mineradora em Paracatu, inclusive a matança de garimpeiros a mando da empresa.

-- 
Sergio Ulhoa Dani
Reserva do Acangaú, zona rural
Caixa postal 123
38.600-000 Paracatu MG
Brasil
srgdani@gmail.com
(+55 38) 9913-4457
(+55 38) 9966-7754

--
Serrano Neves
Procurador de Justiça