quarta-feira, 15 de abril de 2009

População e vereadores aderem ao Pacto pelas Águas de Paracatu


População e vereadores aderem ao Pacto pelas Águas de Paracatu

Centenas de pessoas e seis dos dez vereadores de Paracatu já deixaram sua assinatura de adesão ao Pacto pelas Águas de Paracatu. Os pactuantes declaram, como moradores da cidade de Paracatu, Minas Gerais, ter conhecimento da existência da mineração de ouro feita pela Rio Paracatu Mineração SA (RPM-Kinross) e se preocupar com os impactos ambientais e sociais já causados e que poderão ser causados pela III etapa de expansão, e pelo destino sócio-econômico e ambiental da cidade e seus arredores quando terminar a mineração. Apóiam a criação do SISTEMA SERRA DA ANTA como de interesse público primário para salvaguardar as águas de abastecimento da cidade e uso nas propriedades rurais. Apóiam os Vereadores e o Prefeito na iniciativa da LEI DAS ÁGUAS DE PARACATU que garantirá o abastecimento de água para o presente e para o futuro.
 
Vereadores que já assinaram o pacto (posição em 15 de abril de 2009):
 
Glewton de Sá Guimarães (Professor Glewton) - PMDB
Graça Jales - PSB
João Batista dos Santos (Joãozinho Contador) - PSDB
Romualdo Gonçalves Ulhoa (Dr. Romualdo) - PDT
Rosival Araújo (Rosival do Sindicato) - PT
Vânio Ferreira de Oliveira (Soldado Vânio) - PT
 
A voz do povo sobre o projeto de Lei das Águas de Paracatu:
 
"Projeto totalmente aprovado. Tem total fundamento." Gilson G. Aragão.
 
?Eu apóio essa campanha porque, se a gente não apoiar essa campanha e deixar construir essa barragem, vai atrapalhar a vida de outras pessoas.? Ariane Siqueira Nascimento, estudante.
"Tudo certo!" Tarcísio Gomes Gonçalves, publicitário.

?Eu apóio a campanha de coração mesmo. Temos que acordar agora, e cortar o mal pela raiz, para amanhã não chorar o leite derramado.?  Gaspar Gonçalves dos Santos, morador do bairro Paracatuzinho.

?É primordial proteger as águas para o futuro dos nossos filhos e netos.? Maria Tereza, professora.
?É lógico que eu apóio a campanha, na hora. E no que eu puder ajudar, eu ajudo. A RPM não pode construir aquela barragem da maneira que eles estão querendo construir. Tem que pensar no povo, não só em si mesmos. E tem mais, eles destroem tudo e não recuperam nada.? Moisés ?Lobo?, caminhoneiro.
?Apóio a campanha, porque estamos no caminho certo.? Manoel Martins Gonçalves, funcionário público.
 
?Apóio com certeza essa campanha, pois se é em função de uma riqueza para Paracatu, é bom prevenir agora. Se as águas secarem, como é que nos faremos? Nossos governantes têm que tomar a decisão certa, senão o nosso país vai por água abaixo.? Carmo Jesus, aposentado.
?Impediram a construção da barragem porque faz mal ao meio-ambiente. Qualquer coisa que desrespeita o meio-ambiente não pode. Mandaram um bilhetinho lá pra escola, para responder o que era o melhor e o pior para Paracatu. Eu disse que o pior para Paracatu é a RPM. A RPM é uma fábrica de doenças. Eu apóio a campanha, porque tem que proteger todas as águas, e tem que dar uma cobertura para o produtor rural.? Eduardo Monteiro dos Santos, agricultor.
?Achei a vitória do Varjão de Minas maravilhosa, uma grande vitória. Isso é a gente lutando pelo que é nosso. A gente tem mais é que ser a favor das águas, com certeza. Eu gosto de ir para a cachoeira, eu gosto de nadar, a gente tem é que preservar a natureza.? Irani Fonseca, vendedora.
"Em prol da melhoria da qualidade das águas, pois não aguento mais ficar pagando água mineral". Paulino José de Brito Júnior
 
?Estou feliz com a vitória desse grupo que conseguiu derrubar pelo menos uma parte dos sonhos que a RPM tem de nos destruir. A tecnologia deles pode até ser boa, mas nascente não tem reposição. Nascente é dom, é presente de Deus a cada espaço em que nós vivemos. São milhões de anos para construir uma nascente. Se eles destruírem, não nascerá outra.? Eni Sílvia, professora e educadora.
 
"No Canadá é proibido minerar a céu aberto nas cidades, por que aqui pode?" Álison Carlos Martins Felipe

?A sociedade tem que estar unida nesta luta em prol do bem geral em Paracatu. Lutar pelos nossos direitos é exercer a cidadania.? Joana Igídio, funcionária da Câmara Municipal de Paracatu.

?Eu sou a favor do meio ambiente. A água é o bem mais precioso que a gente tem, e no futuro será mais ainda. Eu acho que tivemos uma vitória. A comunidade de Paracatu é quem deve decidir sobre a nossa água. Isso é assunto de interesse nosso. O governo pode até acompanhar, mas a decisão é do povo de Paracatu, sem dúvida nenhuma.? Agostinho Ranieri Barbosa Jr., farmacêutico.
"Apóio plenamente esse projeto; devemos salvar nossa cidade, precisamos de água limpa". Luciana Monteiro dos Santos

?O assunto água é importantíssimo, porque sem água não há vida. Por isso, preservar as nascentes dos nossos rios é uma causa justa.? Coraci da Silva Neiva Batista, professora aposentada e presidente da Academia de Letras do Noroeste de Minas.

?A vitória do Varjão foi muito importante, porque nós precisamos de água. Com esse tempo, com essa seca, nós não podemos desfazer de mais três nascentes. Se não proteger, Paracatu vai acabar dentro da RPM, não é?? Maria José, comerciante.
 
?Eu acho um absurdo o que a RPM está fazendo aqui, cortando as nascentes. Isso não faz nenhum sentido. Não é só o ser humano que depende da água. Todo ser vivo depende da água, a substância mais pura da natureza. Depois nós é que teremos que pagar caro por essa água.? Fábio Guimarães, funcionário municipal.
 
"Fora RPM (colônia de exploração, basta!)". Nattasha Campos.
 
?Tomar decisões sobre a nossa água sem nos avisar é impossível, porque água é elemento vital para nós. Cabe primáriamente ao município decidir sobre esse assunto. Se dessa situação nós, o povo de Paracatu, não nos doermos, quem cuidará da nossa vida?? Lavoisier Albernaz, cineasta e professor.
 
"Devemos nos preocupar com o futuro da nossa Paracatu." Luiz Ubaldo Jesus da Silva.
 
?Não só eu como toda a população de Paracatu está vibrando com a vitória de Varjão de Minas. Precisávamos de alguém para colocar as coisas no lugar. Porque quem sofre é a população. A RPM está aí, mas vai embora, deixa a poluição e nós ficamos. Quem tem que decidir é a população, que é quem usa a água. O governo simplesmente tem que acatar o que a população decide. Sou totalmente a favor da campanha, porque se acabarem com o manancial próximo à cidade, nós vamos viver de que? De lama?? Nilton Neiva Batista, empresário.
"Importantíssimo." Glewton de Sá Guimarães, professor e vereador.
 
"E vivam as Santas Águas de Paracatu!" Sergio Ulhoa Dani, médico e cientista.
 
-- 
Sergio Ulhoa Dani
Reserva do Acangaú, zona rural
Caixa postal 123 
38.600-000  Paracatu MG
Brasil
srgdani@gmail.com
(+55 38) 9913-4457
(+55 38) 9966-7754