domingo, 3 de maio de 2009

Quem pagará a conta quando a mina fechar?


Paracatu, 2 de maio de 2009

Quem pagará a conta quando a mina fechar?

Custo de manutenção anual da barragem de rejeitos da RPM/Kinross pode ser maior que a receita total da Prefeitura de Paracatu

Quem pagará a conta quando a mina fechar?

Enquanto não recebemos informações da empresa RPM/Kinross, pesquisamos em outras fontes e encontramos que o custo de manutenção de uma barragem de rejeitos de mineração varia de € 0.30 a € 2.00 por tonelada de minério rejeitado por ano (1).

Para sermos conservadores, consideramos o valor mínimo de € 0.30/ton/ano, algo como R$ 0,84/ton/ano, então temos o seguinte cálculo de custo para a barragem atual de rejeitos da RPM/Kinross, que já armazena cerca de 300 milhões de toneladas de rejeitos:

300 milhões de toneladas x R$0,84/ton/ano = R$252.000.000,00/ano

Ou seja, por esta conta otimista, a manutenção da barragem de rejeitos atual deve custar algo em torno de 250 milhões de reais por ano. Isto é equivalente a duas vezes e meia o valor arrecadado por ano pela Prefeitura de Paracatu.

Pelo mesmo cálculo, a nova barragem projetada deve custar pelo menos o dobro disso, ou seja, 5 vezes a arrecadação anual da Prefeitura de Paracatu.



Quem pagará essa conta quando a mina fechar?



Convidamos a RPM/Kinross a contestar ou confirmar esses dados e apresentar a sua própria planilha detalhada de custos, para que possamos avaliar se as medidas ou ações de manutenção orçadas pela mineradora são suficientes para garantir a segurança da barragem ao longo dos anos.


Saber disso é direito da população de Paracatu. A barragem de rejeitos da RPM/Kinross é classificada como tendo conseqüência de ruptura de gravidade “alta” (algumas fatalidades, grandes danos) a “muito alta” (grande número de fatalidades, danos extremos) (2).



(1) http://biutec.at/safemanmin//DST/DST_files/CLOTADAM/methods%20-cost.pdf
(2) Relatório da SUPRAMNOR, agência governamental do Estado de Minas Gerais,
que analisa o pedido de licenciamento de uma nova barragem de rejeitos da
RPM/Kinross em Paracatu

-- 
Sergio Ulhoa Dani
Reserva do Acangaú, zona rural
Caixa postal 123
38.600-000 Paracatu MG
Brasil
srgdani@gmail.com
(+55 38) 9913-4457
(+55 38) 9966-775