quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Os Tyranosauria rex modernos e a nossa extinção

Os Tyranosauria rex modernos e a nossa extinção

Por Sergio U. Dani

Gigantescos bancos investidores como J. P. Morgan, Morgan Stanley, Morgan Chase, HSBC, Citigroup, Barclays, Deutsche Bank e Goldman Sachs formaram fundos especulativos para ganhar dinheiro, controlar o sistema financeiro e a mídia e influenciar a vida no planeta.


Esses bancos e fundos de dimensões e comportamento reptilianos detêm a propriedade das maiores mineradoras do mundo, como a Vale do Rio Doce, a Barrick Gold e centenas de outras empresas e suas
controladas, que exploram os trabalhadores e as comunidades onde atuam, corrompem governos e destróem o ambiente em escala planetária.

Ao contrário dos fundos e bancos menores e pulverizados, esses dinossauros financeiros controlam, através de estoques de ouro em lingotes e em minas, reservas e recursos espalhados pelo mundo todo, o preço do
ouro, a cotação do dólar, as taxas de juros e a sua própria saúde financeira. Utilizam-se de instituições financeiras internacionais, como o FMI-Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial para
sabotar a soberania dos estados nacionais, visando outorgar aos investidores estrangeiros benefícios nos diversos setores da mineração e da vida dos estados nacionais.

Ao fazerem isso, baseados numa lógica financeira e midiática soberana sobre a soberania das nações e a soberania da vida, estão causando o colapso da vida humana e do capitalismo no planeta. Sua voracidade de dinossauro corrompe o delicado equilíbrio da vida biológica e financeira nos quatro cantos do mundo, provocando uma crise de dimensões planetárias.

Esses verdadeiros Tyranosauria financeiros e midiáticos sabem que são causadores de pobreza. Um relatório encomendado pelo próprio Banco Mundial mostra que a mineração gera pobreza. Um acordo internacional assinado entre bancos – conhecido como o “Acordo do Ecuador” – prevê inclusive a suspensão de crédito a empresas que destróem o ambiente. Mas parece tudo fumaça para confundir e enganar as
presas incautas. A estratégia dos dinossauros é “atirar no mensageiro”, interromper e abafar qualquer idéia ou
movimento que questione ou ameace a continuidade de sua ação predadora ou tente implantar modelos descentralizadores de gestão.

Centralizar, monopolizar, controlar, mentir, confundir, ludibriar as presas e inventar suas “próprias verdades” é próprio dos tiranos. As verdades e a sobrevivência de uns é construída às custas da verdade e da sobrevivência de outros. Afinal, quem foram os criadores da crise financeira e de valores por que passa o mundo atualmente? E quem está sofrendo com a crise?

Escrever o que os Tiranosauria rex modernos não querem que seja escrito é a essência do jornalismo, o verdadeiro jornalismo independente. Todo o resto – como observou George Orwell – é mera publicidade.

Veja como a coisa funciona, tomando como exemplo a Kinross Gold Corporation (*), empresa que está mantando gente a rodo em Paracatu-MG com sua mineração de ouro a céu aberto que libera, como sub-produto, toneladas de arsênio venenoso


Veja quem são os principais investidores da Kinross Gold Corporation em 30 de junho de 2009:

Investidor/acionista
Número
de ações (em milhões de ações

Participação
(em %)

Blackrock Investment Management (UK) Ltd. 
51,07
7,35
Fidelity Management & Research
45,80
6,59
Paulson & Co., Inc.
30,78
4,43
Barclays Global Investors NA
27,75
3,99
Jarislowsky Fraser Ltd.
19,71
2,84


Agora veja quem quem está “entrando numa fria” e quem está “saindo de uma fria”.


Aumentaram sua participação na Kinross (estão “entrando na fria”):
Investidor/acionista
Ações
(em milhões de ações)

Participação
atual (em %)

Adquiridas
Soma
Tradewinds Global Investors LLC
3,54
13,09
1,88
Blackrock Investment Management (UK) Ltd.
3,07
51,07
7,35
Barclays Global Investors (Canada) Ltd.
2,31
12,42
1,79
Artio Global Management LLC
2,01
2,01
0,29
Norges Bank Investment Management
1,66
5,74
0,83


Reduziram sua participação na Kinross (estão “fugindo da fria”):

Investidor/acionista
Ações
(em milhões de ações)

Participação
atual (em %)
Vendidas
Mantidas
Deutsche Invest. Management Americas, Inc.
2,41
1,02
0,15
CBC Investment Management
1,99
0
(**)

0
TD Asset Management, Inc.
1,83
13,40
1,93
CIBC Global Asset Management, Inc.
1,75
2,67
0,39
Barclays Global Investors NA
1,44
27,75
3,99


(*) Fonte: FactSet
Research Systems Inc., disponível em
http://markets.ft.com/tearsheets/businessProfile.asp?s=KGC%3ANYQ
(acessado em setembro de 2009); os comentários de “análise financeira” ficam por conta do autor desse artigo, o “expert” em extinção em massa de dinosauros modernos, Dr. Sergio U. Dani.

(**) Parece que esses aqui não querem participar do genocídio de Paracatu, enquanto os outros parecem estar simplesmente reduzindo seu risco, “em caso de dúvida”...