domingo, 12 de abril de 2015

Vereadores de Paracatu são fotografados em Barretos

Foto da vereança paracatuense em Barretos, paga pelo contribuinte. Créditos: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Paracatu (foto postada no Facebook, em 11.04.2015).

Como que alarmados pelo “efeito Rafaela Xavier e CQC”, um grupo de vereadores de Paracatu, acompanhados pela assessora de comunicação da Câmara Municipal fez uma visita ao Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo. O “book” dos vereadores foi publicado pela assessoria de comunicação da Câmara no “Facebook”, o que gerou imediata reação dos internautas. A reação da Câmara Municipal foi simplesmente apagar as críticas que denunciavam a exploração política do passeio fotográfico, e a incompetência e conivência da Câmara Municipal com o trato do genocídio praticado em Paracatu pela mineradora transnacional canadense Kinross Gold Corporation. A Assessoria de Comunicação também substituiu fotos. Nas novas fotos postadas, a assessora de comunicação não aparece mais, ela foi deletada dos arquivos (ou será que "deletou-se")? Depois das críticas apagadas sem justificativa, os que não têm vergonha do pecado da censura permanecem posando aí na foto. Será que eles não entendem a gravidade de uma censura, ainda mais quando praticada por mandatário do povo? Que "representantes do povo" são esses, que não suportam ouvir a voz do povo? Esse episódio de censura serviu para mostrar que quem se locupleta na Câmara Municipal de Paracatu com o dinheiro do contribuinte sempre encontrará formas de ludibriar o contribuinte. Olha a foto!