quinta-feira, 20 de março de 2014

Publicada na Alemanha reportagem sobre tesouro venenoso

O jornal alemão Die Zeit (1) publicou hoje uma reportagem intitulada ‘O Tesouro Venenoso de Paracatu’ (2).  A reportagem vem assinada pelo premiado jornalista alemão Thomas Fischermann, ilustrada com fotos do também premiado fotógrafo italiano Giorgio Palmera.

Fischermann descreve o drama de vida e morte enfrentado pelos 80 mil habitantes da cidade de Paracatu, tornados reféns da mineradora canadense Kinross Gold Corporation (TSE-K; NYSE-KGC). 

Operadora da maior e mais venenosa mina de ouro a céu aberto da América latina, a Kinross destrói o ambiente, expulsa moradores e libera centenas de milhares de toneladas do venenoso arsênio para o ambiente, quantidade suficiente para causar um verdadeiro e persistente genocídio.

A tradução da reportagem para o idioma português será publicada em capítulos, nas próximas edições do www.alertaparacatu.blogspot.com. Não perca!


Referências:

(1) Die Zeit (pronúnica alemã: [diː ˈtsaɪt], literalmente “O Tempo”) é um jornal alemão semanal respeitado por sua qualidade jornalística. Com uma tiragem de 504.072 no segundo semestre de 2012 e mais de 2 milhões de leitores, Die Zeit é o jornal semanal mais amplamente lido na Alemanha.


(2) Der giftige Schatz von Paracatu. Von Thomas Fischermann, mit Bilder von Giorgio Palmera. DIE ZEIT Nr. 13, 20. März 2014, Wirtschaft/Seiten 30-31. Hamburg, Deutschland.