segunda-feira, 19 de novembro de 2012

O NOIVADO DA MORTE


 EU TE AMO 

============================

O NOIVADO DA MORTE


Sergio Dani e Serrano Neves

Quem fica noivo de aliança de ouro está pagando pedágio para a morte chegar.

Para se obter um grama de ouro através dos métodos modernos de mineração, são necessários 1 a 2,5 toneladas de minério de ouro.

Cada tonelada de minério de ouro contém 0,5 a 1 kg de arsênio que é liberado para o ambiente em decorrência da mineração do ouro.  Isso significa que, para cada grama de ouro, é liberado, em média conservadora, 1 kg de arsênio, ou seja, mil vezes mais arsênio que ouro.

Se apenas 1% desse arsênio estiver bioacessível e biodisponível, são 10 gramas de arsênio bioacessível e biodisponível por grama de ouro.

Como um miligrama de arsênio por kg de peso vivo é suficiente para matar uma pessoa, e tomando-se 70kg como um peso médio de uma pessoa, então cada grama de ouro representa a vida de cerca de 140 pessoas.

Se você celebrou o noivado com duas alianças de 8 gramas cada, total de 16 gramas, você pagou pedágio para a morte de 2.240 (duas mil duzentos e quarenta) pessoas, incluindo você e sua noiva, ou noivo.

A EPA-Environmental Protection Agency dos Estados Unidos calculou o preço de uma vida humana perdida em decorrência da intoxicação crônica por arsênio em 6 milhões de dólares. Estimativas mais conservadoras apontam para 1,5 milhões de dólares.

Usando uma estimativa mais conservadora de 1 milhão de dólares por vida perdida pelo arsênio do ouro, chegamos ao valor de 2.240 milhões de dólares (2,24 bilhões ou R$ 4.480.000.000,00 ou 180 megas senas acumuladas de 25 milhões cada uma) pelo seu par de alianças

Por isso, pense duas vezes antes de comprar alianças de ouro. Você pode estar comprando uma dívida mortal que nem as mineradoras podem pagar, ou pagando pedágio para a morte chegar.